Mato Grosso do Sul, 20 de Dezembro de 2014

Um mês após libertar, TJ determina prisão de ex-secretário de Chapadão

CG News | 25.01.2014 | 09h32 | Imprimir  

Um mês depois de ganhar a liberdade, o ex-secretário municipal de Finanças de Chapadão do Sul, Altair José Bevilacqua, preso em flagrante no dia 10 de dezembro ao receber R$ 36 mil de propina, é considerado foragido da Justiça.

Nesta sexta-feira (24), o desembargador Dorival Moreira dos Santos revogou a liminar concedida ao Habeas Corpus no dia 24 de dezembro de 2013 e determinou a expedição do mandado de prisão preventiva contra Altair José.

Os advogados de Altair conseguiram colocar o ex-secretário em liberdade 14 dias depois de ele ser preso em flagrante pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) ao receber propina de uma construtora que comandava obras de reforma na Escola Municipal Cecília Meireles.

No dia 24 de dezembro, o Habeas Corpus foi expedido em Campo Grande, com aval da corregedora de plantão Tânia Garcia de Freitas, e encaminhado através de fax ao juiz plantonista de Chapadão do Sul.

Na decisão de ontem, o desembargador Dorival Moreira dos Santos revoga a liberdade, indefere o pedido de Habeas Corpus e determina a expedição do mandado de prisão preventiva. O processo segue em segredo de Justiça. (fonte: idest.com.br)


Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia

Comentar esta notícia

Para comentar é necessário ser cadastrado no site, faça seu cadastro, clique aqui.

Apenas será permitido comentários relacionados a notícia.

O Idest reserva o direito de excluir ou editar comentários que julgar não condizentes com os termos de uso do site. Clique aqui para ler os termos de uso.

Esta versão ainda esta em testes (beta) e pode ocorrer erros inesperados.


São Gabriel do Oeste, MS, avenida Getúlio Vargas, 757, sala 210, Centro, Cep: 79.490-000 - (67) 3295-5584

© 2005-2014 Idest® - Todos os direitos reservados